Das Armadilhas

Cravo em mim uma crase

Antes que seja tarde

Mil vezes esquecer à força

Do que esquecer a força…

Mantenho comigo a cedilha

Pra evitar essa armadilha tosca:

Da maçã que vira maca

Da força que vira forca…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s